TCC

TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL

A Terapia cognitivo comportamental, conhecida por TCC. é uma abordagem mais específica, breve e focada no problema atual do cliente. Ela foi desenvolvida por Aaron Beck quando realizava trabalhos com pessoas depressivas, seu modelo cognitivo de disfunção enfatiza o potencial dos indivíduos para perceber negativamente o ambiente e os acontecimentos que os rodeiam e, por meio destas percepções negativas, criar neles mesmos a perturbação emocional.  

As pessoas que procuram ou são encaminhadas para a TCC aprenderão a  identificar, treinar e escrever  a diferença entre pensamentos e sentimentos. É uma forma de psicoterapia que se baseia no conhecimento empírico da psicologia. Utilizamos de técnicas que buscam objetivos concretos e operacionalizados (ou seja, claramente definidos e observáveis) nos diferentes níveis do comportamento e da experiência de cada pessoa. 

A Terapia Cognitiva identifica três níveis de pensamento: 

– Pensamentos automáticos 

– Crenças intermediárias e as 

– Crenças centrais.  

Geralmente os pensamentos automáticos disfuncionais (PADs) são breves e o paciente está mais ciente da emoção do que o pensamento em si, podendo vir de forma verbal, visual ou em ambas as formas, bem como, podem ser avaliados de acordo com sua utilidade e validade. Primeiro serão identificados pelo cliente com a ajuda do terapeuta, pois são eles quem geram as emoções.

O Objetivo da terapia é o autoconhecimento para que haja num nível mais profundo a modificação das crenças disfuncionais. Isto irá resultar em mudanças significativas na vida do indivíduo, um equilíbrio emocional. 

Lembrando que o terapeuta iniciará o processo sempre ajudando na identificação e mudança nos pensamentos automáticos disfuncionais (PADs) para depois chegar até as crenças.